Bio Caldo - Quit Alimentos

Rogério Morro da Cruz pediu e Ibaneis anuncia a construção de novo Hospital Regional de São Sebastião

Após solicitação do deputado distrital, Rogério Morro da Cruz (PMN), o governador Ibaneis Rocha (MDB) determinou a secretária de Saúde do DF, Lucilene Florêncio que avance na finalização do projeto da construção do Hospital Regional de São Sebastião, que está sendo projetado pela Secretaria de Saúde e Novacap, o hospital contará com 141 leitos de enfermaria e 40 UTIs



O sonho de todos os moradores de São Sebastião está cada vez mais perto de ser iniciado. Na área da saúde, o governador pretende que no primeiro semestre deste ano seja lançada a licitação das obras, que envolve a construção do Hospital Regional de São Sebastião, e duas novas unidades básicas de saúde UBSs) na cidade de São Sebastião.

O hospital projetado pela Secretaria de Estado de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) contará com 141 leitos de enfermaria e 40 UTIs, entre adultas, pediátricas, neonatal e unidade semi-intensiva neonatal, para atendimento na média e alta complexidade. A unidade também contará com 16 consultórios médicos, 4 consultórios para atendimento a gestantes, 8 salas de centro cirúrgico, além de espaços para laboratório, refeitório,  banco de sangue, banco de leite materno e realização de exames, como raio-x, tomografia, ecografia, colonoscopia e outros.

O deputado distrital Rogério Morro da Cruz afirmou que o novo hospital regional de São Sebastião será muito importante para melhorar o atendimento de saúde para toda a população local e das cidades da região. "É uma conquista histórica para São Sebastião. São muitos anos de sofrimento e muitas reivindicações para termos o nosso hospital. É sempre bom cobrar junto aos órgãos competentes para realizarem as benfeitorias em nossa cidade, mas melhor ainda é poder agradecer quando vemos que essas benfeitorias estão sendo realizadas", disse o parlamentar.

A secretária de Saúde do DF, Lucilene Florêncio, destacou que a obra terá toda a estrutura necessária para garantir atendimento digno à população, bem como os equipamentos e qualidade de trabalho aos profissionais. "O hospital será uma unidade moderna, com espaços que garantam o bom atendimento à população. São Sebastião pode ter certeza de que iremos nos empenhar ao máximo para entregar esse hospital o mais breve possível", pontuou Lucilene.

Veja algumas ações do GDF para o período de 2023-2026:

-> Saúde: construção de 17 UBSs, cinco Caps, duas UPAs e quatro hospitais; ampliar equipes de consultórios na rua, ampliar vacinação e implementar a telemedicina;

-> Educação: ampliar atendimento de crianças de 0 a 3 anos com a construção de creches; garantir a oferta de matrícula perto da residência ou trabalho; ampliar as escolas de gestão compartilhada; aumentar as vagas nas escolas; instalar dois campus da UnDF, um no BioTic e outro em Ceilândia;

-> Segurança Pública: implantar unidades integradas de segurança pública em cidades que não possuem equipamentos de segurança; ampliar projeto Cidade da Segurança Pública; videomonitoramento urbano e rural em cidades com maiores índices de criminalidade; instituir o programa Órfãos do Feminicídio; construção da Penitenciária PDF III;

-> Social: 16 novas unidades dos Cras, cinco novas unidades do Creas e um Cras móvel; criação do Centro DIA na Estrutural; aumentar Prato Cheio para 100 mil famílias atendidas; construir cinco restaurantes comunitários; pernoite para pessoas em situação de rua com o programa Moradia Primeiro;

-> Infraestrutura: complemento do BRT Eixo Oeste; urbanização do Sol Nascente/Pôr do Sol; Drenar DF no Plano Piloto; pavimentação e drenagem em Arniqueira, Bernardo Sayão, 26 de Setembro, Arapoanga, Água Quente e Vicente Pires;

-> Habitação: entregar 43 mil unidades habitacionais e lançar 32 mil; cheque moradia para dar entrada no financiamento imobiliário; doação de áreas para a zona especial de interesse social (zeis); linhas de crédito diferenciadas;

-> Cultura: reabrir o Teatro Nacional; investir em programas para povos indígenas e quilombolas; criar banco de talentos;

-> Trabalho: ampliar o RenovaDF e Qualifica DF; reforçar a Fábrica Social; desenvolver o programa Próspera de microcrédito;

-> Justiça: Sejus Mais Perto do Cidadão; construção de quatro unidades do sistema socioeducativo; fortalecimento e modernização do Na Hora; Sua Vida Vale Muito itinerante;

-> Turismo: promoção do turismo interno; promover artesanato e manualidade; Qualificatur – curso de capacitação; desenvolver o enoturismo no DF;

-> Desenvolvimento Econômico: criação de agência de investimentos (InvestDF); criar o Procidades II; ampliar a rede de atendimento do Simplifica PJ;

-> Planejamento: aumentar a capacidade de captação de recursos de financiamentos; inserir o conceito de cidade inteligente no DF; ampliar a política de valorização dos servidores e familiares;

-> Mobilidade: implementação do BRT Norte; construção de viadutos e pontes; complementação do BRT Sul; construção de ciclovias; mais dois terminais rodoviários de integração; ampliar DF Acessível com aquisição de 50 vans; concluir a expansão do metrô em Samambaia e Ceilândia; parceria público-privada para a rodoviária do Plano Piloto; construção de novas rodoviárias;

-> Desenvolvimento Urbano: PPCUB, instituir o Na Hora Habite-se; requalificação de áreas urbanas; revisão do Plano Diretor de Ordenamento Territorial (PDOT);

-> Esporte e Lazer: ampliar centros olímpicos e paralímpicos; atender 42 mil pessoas com o programa Vestindo e Calçando o Esporte;

-> Meio Ambiente: executar o Plano de Carbono Zero; aprimorar a infraestrutura do Aterro Sanitário; criar, preservar e gerir as unidades de conservação (UCs); construção do segundo hospital veterinário público;

-> Agricultura: regularização de 96 mil hectares, 1,3 mil contratos formados; reforma de canais de irrigação;

-> Saneamento Básico: ampliar programa Água Legal; novas estações de tratamento;

-> Mulher: construção de seis novas Casa da Mulher Brasileira;

-> Tecnologia: programa Inovatec e Reciclotech; implantação da primeira fase do BioTic; governo digital;

-> Regiões administrativas: reforma de equipamentos e construção de novas sedes; difundir o programa Administração Regional Digital 24h;

-> Pessoa com Deficiência: CadÚnico da pessoa com deficiência; centro de atendimento;

-> Juventude: instituir centros de juventude;

-> Controladoria-Geral: prêmio Alto Nível e Participa DF;

-> Procuradoria-Geral: Projetos para desjudicialização, otimização dos projetos, acordo para precatórios e desjudicialização da saúde;

-> Defensoria Pública: construção no Gama do Núcleo de Atendimento Jurídico;

-> Fazenda: Refis para débitos não tributários; incentivar transporte aéreo nacional e internacional; instituir o IPTU Social; incentivar o turismo criativo.
Edilayne Martins

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem