Bio Caldo - Quit Alimentos

Programa do BNB servirá de modelo para o Governo Federal apoiar empreendedores


Governo estuda replicar o modelo do Banco do Nordeste para garantir oportunidades em todo o País

Sucesso há mais de 25 anos, o programa de microcrédito do Banco do Nordeste (BNB), o Crediamigo servirá como referência para um novo programa do Governo Federal de estímulo ao empreendedorismo no Brasil. É o que afirma o ministro do Empreendedorismo, Microempresa e Empresa de Pequeno Porte, Márcio França, explicando que o Ministério utilizará a metodologia do banco em um programa que vai beneficiar empreendedores de todo o País. 

Nesta segunda-feira (05/02), o ministro esteve com o presidente do BNB, Paulo Câmara, na sede da instituição, em Fortaleza, para conhecer de perto o programa, considerado o maior da América Latina. “O Banco do Nordeste deve ser o grande orientador dessa iniciativa por conta da experiência que tem no microcrédito e, sobretudo, na busca ativa de clientes. De uma maneira geral, os bancos públicos fazem microcrédito. Mas o BNB desenvolveu um método eficaz de prospecção, concessão e orientação de clientes que merece ser replicado”, destacou Márcio França.

O presidente do BNB, Paulo Câmara, ressaltou números recentes do Crediamigo, incluindo os R$ 10,6 bilhões contratados no último ano para uma base ativa de cerca de dois milhões de clientes, com uma média de 14 mil operações de crédito realizadas por dia. Recentemente, o BNB anunciou plano de expansão que deve mais que dobrar a estrutura de atendimento do Crediamigo, saltando das atuais 472 unidades para mil. A expansão inclui ainda modernização, padronização e reposicionamento de alguns pontos já existentes.

“É um programa que tirou muitos empreendedores da invisibilidade, dando oportunidade a milhões de pessoas de realizar o sonho de ter o próprio negócio. O BNB está à disposição do governo federal para que mais brasileiros tenham acesso a essa metodologia de crédito consolidada, que contribui de modo efetivo para geração de emprego e renda em nossa região” , afirmou Câmara.

Após a reunião, Banco do Nordeste e Ministério do Empreendedorismo, Microempresa e Empresa de Pequeno Porte iniciarão uma série de agendas para troca de informações e elaboração das bases de um programa nacional de microcrédito para empreendedores.

Por Ministério do Empreendedorismo, Microempresa e Empresa de Pequeno Porte (MEMP)

Emerson Tormann

Técnico Industrial em Elétrica e Eletrônica com especialização em Tecnologia da Informação e Comunicação. Editor chefe na Atualidade Política Comunicação e Marketing Digital Ltda. Jornalista e Diagramador - DRT 10580/DF. Sites: https://etormann.tk e https://atualidadepolitica.com.br

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem