Bio Caldo - Quit Alimentos

Lei determina instalação de cabines de proteção para motoristas e cobradores em ônibus no DF

Em breve será promulgada a implementação do Projeto de Lei nº 979/2020, proposto pelo deputado Roosevelt, que exige a colocação de cabines de proteção para os motoristas e cobradores no transporte público coletivo. O deputado Roosevelt destacou que a iniciativa visa salvaguardar os trabalhadores dos transportes nas suas rotinas laborais

Foto: Simone Ribeiro.

"Diariamente, esses profissionais estão vulneráveis a atos de violência. Na região do Distrito Federal, a frequência de assaltos em ônibus é alarmante e causa temor entre os cidadãos. Ademais, a instalação das cabines contribuirá para a proteção contra o coronavírus, que continua sendo uma preocupação em nossa localidade", enfatizou o legislador.

As companhias que fornecem o serviço de transporte público serão as encarregadas pela instalação dessas cabines nos veículos.

Informações complementares
Em um incidente ocorrido em outubro do ano anterior, a morte de um cobrador de ônibus de 26 anos, que foi alvejado na cabeça, provocou indignação entre os moradores. O homicídio foi perpetrado por três jovens — de 17, 19 e 20 anos — que abordaram o ônibus em um ponto próximo a um mercado atacadista na DF 001.

Ao longo dos últimos cinco anos, ações criminosas em ônibus na capital resultaram em 112 vítimas feridas, nove tentativas de roubo seguido de morte (latrocínio) e dois óbitos.

De acordo com dados da Polícia Civil do Distrito Federal, a área de Samambaia lidera o número de assaltos em ônibus, com 1.333 registros, seguida por Ceilândia (640), Estrutural (477), Recanto das Emas (342), Santa Maria (285) e Taguatinga (209).
Edilayne Martins

"Não viva para que a sua presença seja notada, mas para que a sua falta seja sentida." (Bob Marley)

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem